BICHINHO PRETO NO ARMÁRIO

Bichinhos Pretos – Brocas de cereais

Existem mais de 600 tipos de brocas (besourinhos) mas comentaremos apenas uma, ou seja nesse caso um micro besouro, que se alimenta de grãos nas lavouras ou de produtos armazenados como, feijão, milho, soja, arroz, farinha, bolachas, macarrão, ração de animais, mas também atacam papeis, tapetes de fibras naturais, objetos que contenham algodão, almofadas, colchões. Essa broca de cereais tem um alto potencial reprodutivo, cada fêmea coloca em torno de 40 a 50 ovos, e tem alta capacidade adaptativa. A fêmea rompe a casca do grão e deposita no seu interior o ovo que após de 5/7 dias eclode saindo a larva (broca) que certamente irá consumir a polpa do grão e completa seu estágio larval passando ao estágio pupal, do qual sai o adulto em voo para iniciar um novo ciclo. É muito comum os cereais virem dos fornecedores já infestados e após alguns dias, nas despensas, aparecerem em grande quantidade no interior dos sacos ou dos recipientes e muitos voando ou em repouso nas prateleiras.

O nome desse besourinho é Lasioderma serricorne (Ptinidae; Xyletininae;
Lasiodermini); também conhecidos como Besouro do Fumo ou Besouro de Cereais

PROCESSO – TRATAMENTO – DEDETIZAÇÃO

Certamente o produto infestado deve ser eliminado, porém quando novos ou sem a presença do infestador, deverá ser acondicionado em potes de vidro ou de plástico com fechamento hermético (as garrafas Pet são as melhores mais seguras e custo baixo). As prateleiras devem ser limpas e aspiradas e antes de serem utilizadas deverão receber o tratamento com inseticida de ação residual que deverá ser aplicado em todas as paredes da despensa ou do armário e nas áreas adjacentes. De preferência não forrar as prateleiras com panos, plásticos ou papel pois como resultado o ambiente fica propicio à infestação novamente.

Geralmente nos tratamentos (DEDETIZAÇÃO) contra a infestação de brocas
de cereais, é utilizada uma solução a base de água, com pesticida do grupo piretroide,
um éster do ácido crisantêmico produzido pelas
plantas do gênero Chrysanthemum. uma formulação inodora, de ação residual prolongada e de
baixa toxicidade, que gradativamente, elimina a praga.

Esse tratamento, dedetização, é realizada nos rodapés, nas
partes baixas da camas, fundo da cama, frestas, aberturas nas paredes, sofás,
poltronas, tapetes e armários.